Papo de louco, de homem, de fantasma, de HQ – e de livros

inter

Queridos amigos que assistiram a Interstellar, do Christopher Nolan,

Tenho uma dúvida que está comprometendo minha apreciação do filme. Não farei resenha, nem resumo. Não falarei de erros ou acertos. Por enquanto, a única informação que importa é: saí da sala de cinema como quem sai do interior de um sino gigante que acaba de dar doze badaladas. Béééímmm. Béééééimmm. Béééééimmm.

A minha dúvida está relacionada ao fantasma da Murph. (Pare de ler aqui se você ainda não viu e pretende ver o filme).

Bom, certo. O fantasma é o Cooper. O Cooper-futuro/fantasma está no passado para dizer a si mesmo para não partir & dar outras instruções. Só que:

Ele só envia essa mensagem porque, num futuro não tão distante/mundo paralelo, ele está em perigo. Aquela mensagem só existe porque ele está no espaço/em outra dimensão. E ele só está lá por que ele, do futuro, enviou uma mensagem ao passado. Ou seja, não dá. Veja: ele só viaja porque Cooper-futuro-fantasma manda uma mensagem a si mesmo (passado) dizendo para não viajar.

(Nota mental: pensando assim, seria realmente providencial se nosso eu-futuro viesse de vez em quando nos dar uns toques, tipo, de boa, para que evitássemos algumas cagadas no presente. Ou seja, não é a bola de cristal que tem que consultar. É o tesseract. Ha-ha-ha. Não, péra. Não foi engraçado).

Enfim. Meu problema não está na maneira como ele envia a mensagem, nem com os códigos binários, nem com o problema da gravidade, nem com a outra dimensão. Meu problema é a ideia de que o Cooper-futuro é a origem da decisão do Cooper-passado. Só que: para que o Cooper-futuro/fantasma exista, o Cooper-passado precisaria ter tomado sua decisão de partir para o espaço baseado em outros elementos diferentes da mensagem que o Cooper-fantasma deixou.

Não sei se estou sendo clara, mas vou tentar reescrever: Cooper-fantasma só existe porque Cooper-passado decidiu viajar. Ou seja, a existência do Cooper-fantasma é uma consequência da decisão do Cooper-passado. Portanto, Cooper-fantasma não pode estar na origem da decisão do Cooper-passado. Para que o Cooper-futuro exista, é preciso ter existido um momento zero, independente da existência do Cooper-fantasma, em que o Cooper-passado decide viajar, para que, somente então, o Cooper-fantasma possa existir e mandar mensagens do além.

Papo de louco, né. Alguém me explica que estou errada?

****

E tem mais um outro detalhe. Seria muito pensar que a escolha do nome “Dr. Mann” para o “vilão” não foi uma escolha aleatória e sim um fofo trocadilho? Teria o Nolan pensado em mandar algum recadinho (mais um) para o “homem”?

****

Agora o momento nhóimmmm.

Acabei de ver que o Nolan pensou num prequel para a trajetória do Dr. Mann. E está em formato HQ (uoooiiin) na Wired digital de novembro. Achei fofo querer nos dar satisfação sobre o malvado. Ainda mais em quadrinhos. Lá vai.

B2ugc4XIEAAxRfr_portrait_w532

****

Você viu a timeline do filme, né?

***

ATUALIZAÇÃO – ORGENTE

E se você, como eu, quis saber quais livros estavam na estante da Murph, aqui vai uma listinha comentada pelo Nolan (<3). Espero ter tempo pra traduzir alguns trechos.

Camila Teixeira

Anúncios
Etiquetado , , ,

2 pensamentos sobre “Papo de louco, de homem, de fantasma, de HQ – e de livros

  1. Julio França disse:

    É, se é que isso pode ajudar: é mais um caso de “Wibbly wobbly, timey wimey stuff”, o tempo não seria uma progressão de causa e efeito e sim uma esfera com tudo acontecendo ao mesmo tempo sem ordem específica. Recomendo assistir Blink, ep 10 da 3ª temporada de Doctor Who. Claro, tudo isso é mera especulação, mas como gosto muito de Doctor Who super recomendo.

  2. Só na sua cabeça disse:

    Sim, ajudou demais, Julio. Valeu! Minha visão, como vc bem entendeu, é bastante linear, de lógica e dedução. Esse mundo concomitante é bastante perturbador pra mim.
    E diz uma coisa: no filme tem alguma referência a esse formato de “tudo ao mesmo tempo agora”? Não me lembro de ter visto isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: