Decisões e o problema do dia seguinte

Outro dia eu tava pensando em como é difícil tomar uma decisão em paz. Não devia existir dia seguinte após as decisões. Porque acontece o seguinte. Cada vez que eu tomo uma decisão, cada vez que eu me sinto completamente segura dela, vem o dia seguinte e atrapalha tudo.

O dia seguinte, essa praga da história do mundo, sempre, invariavelmente, traz um novo elemento que, apesar de toda sua concentração e reflexão, apesar do seu esforço analítico e muitas vezes científico, você não conseguiu prever. Ou então, traz uma proposta muito parecida com sua decisão, com um ou dois detalhes diferentes, mas que representam uma mudança significativa no resultado final. É sedutora, mas não é a que você lapidou. É atraente, mas não é a que você decidiu. Em alguns casos é melhor, mas não é a que você escolheu baseado numa manifestação vinda do fundo do seu ser. Daí fica a pergunta: o fundo do nosso ser sabe realmente pra onde a gente tem que ir?

Essa foi uma das últimas dúvidas existenciais que me surgiu. Obviamente, preferi não pensar nela – primeiro porque ainda tenho uma certa estima pela minha lucidez; segundo porque achei que era uma piada do meu subconsciente; terceiro porque em breve vou sair de férias.

Demorei pra entender e também nem tenho certeza de ter entendido certo – amanhã talvez eu mude de ideia – mas suspeito que aquela história de “segue seu coração” vale só para hoje. Certezas atualmente são muito voláteis.

Quem dera o mundo só existisse agora.

 

Camila Teixeira

Anúncios
Etiquetado , , ,

4 pensamentos sobre “Decisões e o problema do dia seguinte

  1. Titis, de fato, só existe o Agora.
    Amanhã será o Agora de hoje, assim como o Ontem também era Agora quando aconteceu.
    A vida só acontece de verdade no Agora.
    Então to tentando usar a seguinte técnica: já que só existe o Agora, depois de tomada a decisão fico com ela e tento não pensar no ontem nem no amanhã.

    heheheheehe

    bjo e escreva mais..

  2. Só na sua cabeça disse:

    já tentei essa técnica. falhei. o dia seguinte é mais forte do que eu. beijos

  3. Helena disse:

    Tu escreve isso bem quando eu tomei uma baita decisão (baita para a minha vidinha e para os meus limites) :S Como toda decisão é deixar de lado todas as outras opções e isso realmente dói e nos escabela, estou tentando pensar só nas prováveis coisas boas da decisão tomada. Mas é difícil porque tudo não passa de ilusão. Assim como não tenho como saber o que teria acontecido se tivesse ficado onde estava, também não tenho como saber o que virá pela frente…. a gente não vive que de ilusão quando se trata de decisões…

  4. Só na sua cabeça disse:

    é, helena. uma pena o mapa do futuro ainda não estar disponível para download. boa sorte com sua decisão. vai dar tudo certo, vc vai ver ; )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: